CriaTexto | A imaginação é sem gênero!
17017
single,single-post,postid-17017,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-9.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.11.1,vc_responsive
 

A imaginação é sem gênero!

soragrit-wongsa-283083

20 jun A imaginação é sem gênero!

Imagine um lugar onde moram pessoas muito mais interessadas em ideias do que em marcas. Gente que valoriza a essência, antes da estética. Onde cada indivíduo parece ter um poder extrassensorial de enxergar além do que vê. 

O ser fala mais alto.  Olha-se mais para a riqueza das personalidades do que para  os corpos, cabelos, roupas, manequins e maquiagens. Nesse lugar, astronautas dançam em um espaço sideral desenhado em cores vivas nas roupas de crianças, enquanto elas brincam com seus caminhões cor-de-rosa dirigidos por bonecas engravatadas. 

Este lugar é exatamente aqui, onde você está. Sinais de comportamento do consumidor apontam as suas flechas para uma sociedade que já prefere as marcas e os produtos andrógenos, para os quais a diferença de gêneros está em segundo plano e cada indivíduo é enxergado pelo avesso, onde tudo pode ser mais genuíno.

Se a tendência é enxergar os corpos como meros envelopes de pessoas cujas ideias são muito mais valiosas do que os estereótipos, qual deve ser o lugar ocupado pelas marcas?  Nos últimos anos,  grifes do mundo todo têm lançado nas passarelas as suas coleções agêneras, usáveis por qualquer pessoa, independente do seu sexo. Dos tip-tops aos ternos, passando por perfumes, bolsas e cosméticos, os produtos deixaram de ser para quem e se tornaram por quê

Para os comunicadores este é um novo território criativo que ainda pode ser muito bem ocupado! Como as marcas podem lidar com isso? Da melhor maneira possível! Explorem, desenvolvam, rompam as suas barreiras criativas e lembrem-se de que a arte nunca foi partidária de gêneros mesmo. A nossa linguagem está mais universal. Nós somos mais infinitos. Deixemos a criatividade renascer.

 

*Renata de Tullio Monteiro é jornalista, redatora publicitária e fundadora da CriaTexto – Laboratório de Textos Criativos que produz conteúdos que aproximam pessoas e empresas. 

 

Sem Comentários

Adicione um comentário